"You don’t have to burn books to destroy a culture. Just get people to stop reading them." - Ray Bradbury.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Das eleições

Teremos segundo turno para presidente da república, e creio que todos merecemos. O Brasil é um país grande demais, e democrático o suficiente, para não ser necessário encerrar uma disputa presidencial logo de cara. É mais um tempo para pensar. E, para milhões de brasileiros, a ida das eleições presidenciais para o segundo turno não é uma produção de George Lucas, mas é Uma Nova Esperança.


Perdão pelo trocadilho infame, mas estou feliz. Fiz valer meu voto apoiando quem acreditei ter uma proposta digna dos novos tempos que já estamos vivendo. Marina Silva, minha candidata, se jogou sozinha numa disputa árdua, ao invés de procurar coligações por conveniência, e trouxe para o debate um tema  muitas vezes incompreensível, que não tem grande aceitabilidade nas camadas mais humildes da população, e que, aqueles que entendem, não levam a sério. Seus quase 20 milhões de votos mostram que o Brasil quer e pode ter algo mais, e, principalmente, optar por um novo caminho. Se alguém saiu ganhando nesse primeiro turno, esse alguém foi ela.

Agora são outros quinhentos. Temos a herdeira de um governo populista bem sucedido que, em grande parte, herdou méritos de seu antecessor, e que saiu-se muito bem na última crise econômica. E, do outro lado, o herdeiro de um governo que pegou uma encrenca gerada por décadas de regime militar, por um presidente civil que piorou o que já estava ruim, e por outro que fez as piores coisas possíveis até mesmo sem saber; mas que, mesmo assim, reformou o país econômica e monetariamente, lhe deu uma moeda forte e o colocou novamente na mira do investimento estrangeiro. Se não tivesse disputado a reeleição, hoje seria um semi-deus.

Economicamente são quase os mesmos. Seis e meia dúzia. Já disse que nunca elegi um presidente, então agora tenho minha chance.

8 comentários:

Chica disse...

Eu espero que seja bem nova mesmo essa experiência.Não à continuação!abraços,chica

Du disse...

Como bem escreveu um dia o meu querido Caio Fernando Abreu: "Temos esperanças novinhas em folha todos os dias! ;-)

Luciano A.Santos disse...

Chica,

Também torço por isso. O Brasil, e seu povo, merece o melhor.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

É verdade, Du, sempre há a esperança.

Elaine Gaspareto disse...

Luciano, eu jurava que você havia votado no Serra.
Enfim, acho que desta vez vai, né?

Beijosss

Luma Rosa disse...

Pelo menos a Marina trouxe equilíbrio e debate enquanto estava na disputa! Agora está uma patifaria! Desandou de vez! Ontem - Dilma, a louca mostrou um pouco das suas sandices! Eu, só tenho um consolo: "Tudo" um dia acaba e isto faz uma grande diferença! Boa semana! Beijus,

Luciano A.Santos disse...

Elaine,

Então, decidi votar em Marina nas últimas semanas, apesar de já estar pensando na hipótese há algum tempo. Se vai desta vez? Sei não...

Luciano A.Santos disse...

Luma,

Te juro que ainda não entendi o que aconteceu ontem. Acho que a DIlma se mostrou como é, e o Serra, que não é bobo nem nada, foi dando corda.

Veremos o que acontece. Beijo.

Postar um comentário