"You don’t have to burn books to destroy a culture. Just get people to stop reading them." - Ray Bradbury.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

A Ilha do Tesouro - O Livro da Minha Vida

Falei aqui sobre a blogagem coletiva proposta pela Vanessa do blog Fio de Ariadne, com o tema "O Livro da Minha Vida". Me interessei e resolvi participar, apesar de me achar incapaz de transferir para o teclado aquilo que sinto pelo livro em questão.



A Wikipédia assim define o livro de minha vida:
A Ilha do Tesouro é um dos clássicos da literatura infanto-juvenil escrito por Robert Louis Stevenson em 1883, livro sobre piratas e tesouros enterrados.

Nele um garoto, cujos pais são proprietários e moradores de uma pequena pensão numa cidade litorânea da Inglaterra, vive diversas aventuras após a chegada de um velho lobo do mar. Diversos fatos vão acontecendo, até que o jovem menino se vê num navio indo em busca de um tesouro. Daí pra frente é muita ação e aventura.

Como curiosidade, foi nesse livro que pela primeira vez apareceu um mapa do tesouro, onde a arca cheia de ouro enterrada estava marcada com um grande X, hoje tão comum nesse tipo de história. E também foi neste livro que o conhecido estereótipo de pirata - aquele com perna-de-pau e um papagaio no ombro - apareceu e se tornou tão popular.

Meu primeiro contato com a Ilha do Tesouro, de Robert Louis Stevenson foi em 1997, se não me engano, quando minha prima veio passar o fim de semana na casa de minha avó e trouxe consigo um exemplar que havia pego na biblioteca da escola dela.

Num primeiro momento me interessei por ele devido a sua capa bem ilustrada, ao papel "brilhante" e o grande número de ilustrações e notas de rodapé em suas páginas. Minha prima logo me avisou que aquele livro era muito mais que isso, que contava uma história maravilhosa, com direito a piratas com perna de pau, mapa do tesouro e uma ilha. Disse que não podia contar mais ou estragaria a história - naquele tempo nada se sabia sobre spoilers :P - e que o melhor que podia fazer era lê-lo.

Como ela morava em outra cidade não poderia me emprestá-lo, e era impossível lê-lo em um fim de semana. Então, na segunda-feira corri para a biblioteca de minha escola, mas não havia nenhum exemplar da obra. Fazer o quê, deixei pra lá.

Foi só em 1998 que voltei a me encontrar com A Ilha do Tesouro, e exatamente com um exemplar da mesma edição da que vira com minha prima. Eu estava na biblioteca, fazendo uma pesquisa sobre não me lembro o que, então, quando fui devolver a Barsa para a bibliotecária lá estava ele sobre a mesa, esperando para ser catalogado. Não pensei duas vezes e pedi a ela que o reservasse para mim, para minha surpresa ela o catalogou na mesma hora e já fez o empréstimo, que eu devolvesse quando terminasse ( sempre tive um bom relacionamento com as bibliotecárias de minha escola, com algumas até ainda mantenho contato).

Passei toda a tarde com o livro na mão. O início, na estalagem Almirante Benbow foi um pouco frustrante, mas decidi prosseguir, e logo a descoberta do mapa do tesouro recompensou minha perserverança. A partir de então prossegui com um apetite voraz, desconfiei de cara do Barbecue (Pô, Bill Bones não tinha avisado ao Jim para ter cuidado com um pirata de uma perna só), mas creio que, naquele tempo, piratas de uma perna só fosse uma coisa um tanto quanto comum.

A partir daqui o livro se torna interessante de fato. A viagem abordo do Hispaniola, a conversa escutada de dentro de um barril de maçã, o motim, o cerco à paliçada, Ben Gunn,é aventura até dizer chega. E como foi fácil me imaginar na pele de Jim Hawkins, ora correndo pela ilha ora se escondendo dos piratas, no encontro com Ben Gunn e na aventura à bordo do pequeno scaler.

A edição da Editora Melhoramentos, que foi a que eu li, contribuiu e muito para a construção da história em minha cabeça. Em cada página haviam ilustrações e notas explicativas acerca do que tratava o livro, até mesmo o esquema de um navio, com a nomenclatura de suas partes e/ou peças. Tudo isso, somado à narrativa cativante de Robert L. Stevenson, fizeram de A Ilha do Tesouro um livro agradável como poucos, inclusive na segunda leitura, feita poucos dias depois.

A Ilha do Tesouro ditou o estilo de literatura que busquei após lê-lo. Estava apaixonado pelo romance de aventura, de modo que Stevenson, Verne e até mesmo Dickens foram os autores de minha adolescência.

*

No site da Melhoramentos não encontrei a edição que eu li, ao certo A Ilha do Tesouro já foi re-editado de '98 pra cá.

É difícil escrever sobre o livro da sua vida quando você sabe que não conseguirá traduzir em palavras o que sente em seu íntimo, e que passará longe do que a obra efetivamente merece. Creio que bastaria dizer que A Ilha do Tesouro é o melhor livro que jamais li, e provavelmente o será por um bom tempo.

31 comentários:

Luciano A.Santos disse...

Até o Intense Debate dar pau, em 18 de maio de 2009, aqui existiam 31 comentários.

Vanessa disse...

Luciano, vc tem toda a razão, não dá para , em um post, fazer jus a um livro tão importante. Mas dá pra enriquecer o dia de quem passará por aqui para lê-lo. Não li A ilha do tesouro , mas vi um filme antigo pra tv adaptado deste livro. Pretendo dá-lo a meu filho e então, ler com ele.

Muito obrigada pela participação na coletiva.

abraço

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Vanessa, tenho certeza que seu filho, e também você, vão gostar muito do livro.

Abraço.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Serena disse...

Esta blogagem está sendo maravilhosa e nos dará a chance de conhecer bons livros. Nunca li A Ilha do Tesouro, mas tentarei comprá-lo e compartilhar da leitura com minha filha.
Obrigada e parabéns pela bela participação meu caro!

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Serena, mesmo comentário que fiz para a Vanessa aí em cima: "Você e sua filha vão gostar muito do livro".

Abraço.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Elaine disse...

Olá!
Eu li esse livro!
Faz muito tempo mas eu lembro!
Dei uma volta pelo seu blog e quero dizer que sempre me surpreende ver tanta sensibilidade em alguém tão jovem; creio que é fruto da leitura, né? Penso que nada nos abre tanto a sensibilidade quanto um bom livro.
Fica com Deus e parabéns pelo blog.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi, Elaine

Desde de pequeno leio muito mesmo, e isso me ajudou muito em diversos momentos da minha vida, e concordo que a leitura nos torna positivamente mais sensíveis.

Obrigado pelas palavras, abraços :)

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Serena disse...

Com certeza o livro é muito melhor que o filme meu querido. O livro é mais rico em detalhes. Só coloquei o trailer do filme pra aumentar a curiosidade em torno do livro!rsrs
Acho que irá gostar do livro caso o leia...eu recomendo mesmo! Beijos.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Georgia Aegerter disse...

Eu li, eu li e adorei, viajei legal e transformei o meu bairro nessa ilha e passei a ver muitos piratas nas pessoas. hahahahhaahha!!! òtima dica.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Mais do que nunca estou propenso a lê-lo :)

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi, Georgia

No meu caso o sítio em que meus avós moravam (mais precisamente uma mina um pouco afastada) tomou ares de Ilha do Tesouro.

Obrigado pelo comentário, abraços :)

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Renata disse...

Li seu post e fiquei curiosa com o livro. Apesar de ser infanto-juvenil, a imaginação deve rolar solta. Sei bem o que quer dizer com "É difícil escrever sobre o livro da sua vida quando você sabe que não conseguirá traduzir em palavras o que sente em seu íntimo, e que passará longe do que a obra efetivamente merece".

Belo post!

Abraço!

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Renata, este livro realmente é um prato cheio para quem gosta de viajar na leitura. Obrigado pelo comentário, abraços.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Cristiane Marino disse...

Que emocionante! quanta aventura! belo livro. Li um parecido na infância.

Eu também estou participando da blogagem.

Beijos

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Adriana disse...

Olá Luciano
Eu também amei este livro!
muito bem escolhido para indicar aqui como livro preferido.
Parabéns pela sua história e pelo seu blog

Uma ótima tarde

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Anônimo disse...

Marcelo Moraes disse...

Luciano, muito legal ver como um livro desperta a emoção das pessoas. Estou zapeando pela lista da blogagem, pois são tantos blogs participantes que fico meio perdido com tantos links..rss Cliquei no teu e aqui cheguei.

Não conhecia o livro também, mas adoro as obras de Verne e companhia! rss

E põe complicado nisso falar de um livro que gostamos, a alguém!

Um abraço.

Marcelo.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Adriana,

Ao menos por aqui, e para quem já o leu, A Ilha do Tesouro está sendo uma (boa) unânimidade.

Obrigado por tudo, abraços.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Marcelo,

Também estou olhando o que os outros participantes postaram, já tenho uma boa lista do que tenho que ler baseado nestas indicações.

Obrigado pela visita, abraços.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Vinicius disse...

Fala Luciano!

Cara, to louco pra ler A Ilha do Tesouro já faz algum tempo!
Bom ver esse título num post da coletiva.

Quanto à Montanha Mágica, vale a pena tentar de novo dar uma olhada.

Abração!

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Tine Araújo disse...

Nossa não li esse livro ainda, mas pelo seu post fiquei com muita vontade.
:( esqueci dessa blogagem...
Mas vou ver se escrevo sobre meus livros queridos e referencio a iniciativa!

Beijos

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Anônimo disse...

Dalva disse...

Oi, Luciano!

Li este livro quando pequena, na escola. Lembro-me bem do clima de aventura: delicioso!

=)

abraços.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Dilermartins disse...

Muito bom, parabéns, pela postagem e pelo blog.
Obrigado pela visita.
voltarei.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Vinícius,

Tô motivado para ler, dessa vez vai :)

Abraços.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Tine, o livro é muito bom mesmo, vale à pena. Fico então à espera de ler por lá seus livros preferidos.

Bjo.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

OI Dalva,

T'aí, boa definição do clima de aventura: delicioso.

Abraços.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Eu que agradeço, e fico às ordens :)

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Valdeir disse...

Luciano,

Interessante que esse livro que escolheu você, mas do que você o escolheu. E ele ditou a sua preferência pelo romance de aventura.
Muito obrigado por comentar no meu blog.
Gostei do seu blog também. Você gosta de literatura assim como eu.
Virei aqui frequentemente.

Abraços e um bom dia.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi Valdeir,

Leio muito desde pequeno, sempre tive boas influências que me motivaram à isso. Pra quem mora no interior e não tem muitas condições de viajar, o romance de aventura é uma mão na roda.

Eu que agradeço a visita, estou acompanhando teu blog :), abraçois e bom dia a você também.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Fernanda disse...

Oooi, vim retribuir(com atraso eu sei...) sua visita lá na minha casa (Compulsão Por Palavras) e agradecer suas palavras...rs

Eu tbém li a Ilha do Tesouro, mais de uma vez, adoro. Acho rico e muito instiigante, não dá pra parar de ler até que chegue o final!!! Excelente escolha

;)

Beijos

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

William Lial disse...

Oi, Luciano.

Participei da blogagem coletiva do "Livro da minha vida", e vi seu comentário no Esterança sobre o livro "Dom Quixote". Você disse estar difícil conseguir a versão completa, é muito fácil encontrá-la: ela foi lançada pela editora 34, em dois volumes - já que a obra é dividida em dois livros, na versão original - e bilíngue, uma edição maravilhosa. São mais de mil páginas de uma grande obra, inclusive eleita a melhor obra de ficção de todos os tempos, eleição realizada com a votação de especialistas e escritores de todo o mundo.

Um abraço!

Obs.: Gostei do seu blog. É bom encontrar bons blogs entre tantos tão fracos.

::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Luciano A.Santos disse...

Oi, William

Bom saber disso, vou procurar pela edição que você citou, espero tê-la em mãos logo.
Obrigado pela visita (e pelas palavras), abraços.


::OBS: Este comentário foi postado originalmente usando o Intense Debate – que parou de funcionar em 18 de Maio de 2009 – e foi reproduzido aqui tal qual foi postado lá.::

Postar um comentário